Naruto Dimension


Naruto Dimension, o melhor forum da atualidade!
 
InícioPortalBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-seFAQ

Compartilhe | 
 

 [Rank D] Yokai - Fazendas da Vila

Ir em baixo 
AutorMensagem
Blackbeard
Nidaime Hokage
Nidaime Hokage
Blackbeard

Função : ADMINISTRADOR
Mensagens : 3655
Pontos por atividade. : 4003
Reputação : 12

Ficha Shinobi
HP:
1800/1800  (1800/1800)
Chakra:
1900/1900  (1900/1900)
[NPC] Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: [Rank D] Yokai - Fazendas da Vila   6th Abril 2017, 9:28 pm



Citação :

Fazendas da Vila
Descrição: Alguns animais estão atacando as plantações da Vila. Sua missão é aniquilar estes animais.


Outra convocação fora recebida em sua residência durante a manhã de um dia semanal. Desta vez, o assunto fora tratado no papel, esclarecendo os deveres e obrigações que Bast deveria seguir. Pela simplicidade dos deveres, o Genin seria o único responsável por eliminar certas ameaças animais aos arredores de Konoha, especificamente nas áreas rurais do vilarejo.

Não demorou até que toda a preparação fosse feita; capa esverdeada sobre o corpo, equipamentos em seus devidos lugares, higienes pessoais realizadas em minúcia. Durante o trajeto, adiantava-se sobre suas obrigações e avaliava o futuro cenário que estava prestes a encontrar. Baseado na vegetação local, calculava as possíveis espécies de animais que poderiam causar problemas a ponto de contratarem o serviço militar da vila para lidar com a situação. Descartava os de fácil solução, que poderiam ser facilmente lidados com o reunir de um pequeno grupo de fazendeiros e, por fim, chegava à conclusão de que era quase certo de que lidaria com um tigre-dentes-de-sabre.

Poucas pessoas perambulavam pelo pequeno aglomerado de casas da região. Em dias comuns, a quantidade de habitantes não seria lá grande coisa, mas desta vez era ainda menor. Abordava uma senhora que arrumava algumas frutas em cestos na traseira de uma carroça e a questionava sobre os acontecimentos. Fora explicado que o ataque vinha de uma área de densa floresta pela qual a estrada comercial cruzava. Durante o transporte de mercadorias, os mercadores eram atacados e impossibilitados de dar continuidade ao comércio local. Agradecido, Bast deixava o pequeno vilarejo e rumava ao ponto de ataque.

Chegando ao amontoado de árvores onde supostamente o animal deveria realizar seus ataques, encontrava vestígios que confirmavam as histórias. Trapos espalhavam-se por toda parte, alguns ossos indistintos marcavam o fim da trilha e início da floresta. Analisando cada detalhe do lugar, Bast conseguira traçar uma trilha rastreando os padrões de marcas deixadas pelo animal. O caminho levara à uma gruta ladeada por um riacho, uma pedra de proporções enormes e uma vasta área de vegetação rasteira, a qual dava início ao território da fera. Conforme aproximava-se o cheiro pútrido atenuava-se juntamente aos ossos ao redor da entrada. Sem saber com toda certeza o que enfrentaria, posicionava-se ao topo da enorme rocha e de lá fazia barulhos aleatórios na esperança de chamar a atenção do que ali habitava.

Um rosnado emergia do interior, ecoando pela floresta e quilômetros após. O barulho repetia-se e aumentava gradativamente, multiplicando-se em uníssono até que a figura de duas criaturas despiam-se da escuridão da gruta e apresentava-se à luz solar. – Como previsto. Sussurrou, contemplando a visão das belíssimas espécimes de tigre-dentes-de-sabre. Possuíam músculos por todas as partes do corpo, as presas pairavam a poucos centímetros do chão, em quatro patas possuíam quase dois metros, dobrando a medida quando em pé. De forma geral, as características daqueles animais eram superiores aos demais de sua espécie, talvez pelo hábito alimentar peculiar ou pela longevidade de ambos. Aos olhos de Bast, seria um desperdício a natureza acabar com duas formas de vida tão esplendorosas como aqueles dois animais. Por este motivo, tentaria lidar com a situação da melhor forma possível, levando em consideração seu dever para com o vilarejo.

Não demorou um segundo para que os animais investissem em direção ao garoto, localizando-o ao alto da rocha. Como se fosse algo habitual e diário, um deles corria aos saltos sobre as pedras até alcançarem o topo com toda a facilidade, utilizando as garras ao tentar desferir um golpe fatal contra seu peito. Igualmente ágil, desviava o corpo para o lado, saltando para trás logo em seguida e pousando sobre o galho de uma árvore. O segundo animal, ainda no chão, saltava sobre o tronco e escalava-o com as garras, alcançando o repouso de Bast com facilidade. Um salto e novamente estava ao chão, sendo abocanhado pela fera que outrora tentara rasga-lo. Antes que a boca do animal alcançasse sua jugular, cuspia um projétil de água que chocava-se contra a cabeça do tigre, estourando em uma bolha viscosa e resistente, envolvendo todo o crânio em água.

Enquanto debatia-se na tentativa de retirar a gosma, o outro não se distraía e saltava do tronco escalado, atacando Bast novamente. Desta vez, o garoto colocava-se aos rodopios para trás, distanciando-se a tempo de disparar mais quatro projéteis, envolvendo todas as patas do tigre na mesma substância. O animal tropeçava, chocando seu gigantesco corpo contra o solo e debatendo-se em fúteis tentativas de liberdade. O primeiro atingido, agora sem ar, tinha os movimentos cada vez mais lentos até que sua consciência era completamente perdida. Antes que morresse por afogamento, Bast desfazia sua técnica e o imobilizava da mesma forma que fizera com o outro. Agora com as feras sobre controle, sua tarefa dificultar-se-ia com a necessidade de transportá-los para longe dali.

Sem força física o suficiente para arrastar os dois animais por um longo trajeto, sua única opção fora recorrer ao vilarejo, emprestando uma carroça arreada a dois cavalos, recurso mais que suficiente para que os dois animais fossem transportados a um nicho distante o suficiente para que os aldeões permanecessem em segurança. E munido de dois cavalos, a viagem fora rápida o suficiente para voltar para casa ao fim da tarde.

Bast;
450/330.

Descrições:
 







Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Awashi
Sannin - Konoha
Sannin - Konoha
Awashi

Função : ADMINISTRADOR
Mensagens : 3380
Pontos por atividade. : 3653
Reputação : 15

Ficha Shinobi
HP:
1400/1400  (1400/1400)
Chakra:
1300/1300  (1300/1300)
[NPC] Experiência:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Re: [Rank D] Yokai - Fazendas da Vila   6th Abril 2017, 9:53 pm

Ok.



-
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://dimensionnaruto.forumeiros.com/
 
[Rank D] Yokai - Fazendas da Vila
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Casarão na Vila Militar
» [Missão Rank A] Estranho Dojo (Exclusivo ANBU)
» Missão rank D - Ferreiro da Vila
» Cemitério da Vila Kakariko
» Missão de Rank B - Salvamento Marítimo

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Dimension :: Missões da Vila-
Ir para: